Empréstimo Consignado: Como funciona a modalidade de crédito que mais cresce no país

Com taxas de juros menores e maior facilidade de contratação, essa modalidade tem se mostrado uma solução eficaz para resgatar o crédito de aposentados e pensionistas.

21/09/2023 às 18:56 | Atualizado 24/10/2023 às 22:17 | Tempo de leitura: 6 minutos

Cresce a procura por Empréstimo Consignado no país

Cresce a procura por Empréstimo Consignado no país

Por Rafael Seixas

Muito tem se falado sobre o empréstimo consignado, uma modalidade de crédito cada vez mais adotada pelos brasileiros para suprir as necessidades de crédito e organização de suas finanças pessoais e, assim, evitar o endividamento excessivo.

Essa modalidade de crédito pode ser contratada por funcionários públicos ativos e inativos, militares e pensionistas ou aposentados do INSS, possibilitando maior flexibilidade no mercado crédito pessoal e movimentando a economia.

No entanto, é importante ter pleno conhecimento das implicações do empréstimo consignado no planejamento financeiro, uma vez que parte da remuneração mensal do funcionário estará comprometida durante o prazo de pagamento dos contratos.

O que é o Empréstimo Consignado?

O empréstimo consignado, também chamado de “Empréstimo com desconto em folha” é um tipo de crédito pessoal que pode ser contratado tanto por trabalhadores da iniciativa privada CLT, chamado de crédito consignado privado, quanto servidores públicos, militares, aposentados e pensionistas do INSS, chamado de crédito consignado público. 

A característica central desse tipo de empréstimo é que o salário ou benefício do cliente serve como garantia para a operação. Por meio de um acordo entre o banco e a fonte pagadora, a parcela mensal do empréstimo é repassada diretamente à instituição financeira, o que reduz significativamente o risco da operação e, como resultado, os juros cobrados são mais baixos.

O Empréstimo Consignado é permitido por lei? 

O empréstimo consignado é uma forma de empréstimo em que as parcelas são descontadas diretamente do salário ou benefício do titular da dívida. Isso é permitido pela lei federal nº 10.820/2003. É regulado por convênios entre instituições pagadoras e financeiras. Estados e municípios possuem autonomia e podem criar regras e leis próprias sobre o tema do empréstimo consignado de seus servidores. Por esse motivo os convênios possuem regras, prazos e taxas de juros diferentes e que podem sofrer alterações constantemente.

Vantagens do Empréstimo Consignado

A flexibilidade de uso do recurso proveniente do empréstimo consignado para servidores públicos ativos ou inativos serve para diversas finalidades, como quitação de dívidas mais caras, compra de veículos, viagens, consertos ou despesas médicas. ou seja, se trata de uma linha de crédito cujo contratante pode utilizar para atender a demandas pessoais de diversas naturezas. Veja agora as vantagens que ele pode oferecer: 

●       Maior facilidade de contratação: A contratação do serviço costuma ser imediata.

●       Acesso ao crédito mesmo com histórico de crédito negativado: Essa modalidade de crédito não exige consulta ao SPC/Serasa, uma vez que possui desconto direto e repasse da fonte pagadora.

●       Comprovação de renda simplificada: O contracheque atualizado do contratante é o único documento solicitado pelos bancos.

●       Não requer garantias adicionais: Não há necessidade de alienação de bens imóveis ou veículos em garantia, permitindo que a averbação da margem seja a única garantia.

●       Prazos mais longos para pagamento: o limite de prazo é de 84 meses para contratos pelo INSS e podem chegar a 120 meses em alguns convênios públicos.

Com isso, podemos entender que o crédito consignado oferece uma oportunidade única de acesso a recursos financeiros com taxas atrativas, prazos flexíveis e conveniência inigualável.  

Como funciona o Empréstimo Consignado?

O servidor público que deseja contratar o crédito consignado precisa apresentar apenas documento de identificação e contracheque. Já o aposentado ou pensionista do INSS apenas com o documento de identificação já consegue contratar.

Com documentos em mãos basta:

  • Escolher a instituição financeira que deseja contratar, 
  • Enviar a documentação 
  • Dar aceite no contrato enviado - Vale lembrar que quase a totalidade dos contratos hoje são celebrados pela via digital. 

Após concluir o aceite, a instituição financeira irá processar o contrato e validar os documentos. Após a validação, o banco faz a averbação da margem se comunicando com o órgão pagador, informando sobre a operação, valor, prazo, parcela e taxa para que todo mês seja repassada diretamente. Cada vez mais automatizadas, algumas operações são pagas ao cliente em menos de 10 minutos. A grande maioria é paga em até 24 horas.

O que é Margem Bruta, Descontos, Margem Livre, Margem Benefício e Margem Negativa?

Vejamos agora um pequeno glossário de termos mais usados na hora de contratar um empréstimo consignado: 

Margem Bruta 

A margem bruta refere-se ao valor máximo do salário de um beneficiário que pode ser utilizado para serviços de consignação, como empréstimos ou financiamentos. É o montante total disponível antes de quaisquer deduções ou descontos facultativos.

Descontos

Os descontos são todas as verbas descontadas do salário ou beneficiário. Eles são divididos entre compulsórios ou facultativos. Os compulsórios são, por exemplo, imposto de renda e contribuição previdenciária. Os facultativos são os descontos de empréstimos, seguros, associações. Os descontos facultativos impactam na margem consignável do cliente.

Margem Livre 

A margem livre é a parte remanescente da margem bruta após a aplicação dos descontos. É o valor disponível que o beneficiário pode usar para novos contratos de consignação, como tomar novos empréstimos.

Margem Cartão de Crédito Consignado Benefício RCC

A margem benefício é o valor máximo do salário do beneficiário que pode ser utilizado em serviços de cartão de benefício. Isso envolve a possibilidade de usar uma parte do salário para pagamentos específicos, como benefícios oferecidos por empregadores, por exemplo.

Margem Cartão de Crédito Consignado Comum RMC

A Margem Cartão de Crédito Consignado Comum (RMC) é o limite de crédito disponível para saques e compras com cartão de crédito consignado, calculado com base na renda e comprometimento de um indivíduo, onde as parcelas são descontadas diretamente do salário ou benefício, garantindo maior segurança ao credor e taxas de juros mais baixas ao devedor.

Margem Negativa 

A margem negativa ocorre quando o valor total das parcelas de empréstimos ou consignações excede a margem bruta disponível. Isso significa que o beneficiário está comprometendo mais do que a sua margem bruta, levando a uma situação de saldo negativo. Portanto, se a margem bruta é de R$1.000,00 e o total de parcelas era de R$1.500,00, isso resultará em uma margem negativa de R$500,00, indicando que o beneficiário está excedendo sua capacidade de consignação.

Quem pode contratar o Empréstimo Consignado?

O Crédito Consignado pode ser solicitado por servidores públicos estaduais, municipais e federais, aposentados e pensionistas do INSS, ou seja, todo servidor público, ativo ou inativo (aposentado ou pensionista) que possua pagamentos mensais fixos estáveis, provenientes de órgãos públicos. 

O crédito consignado pode ser uma escolha atraente para aqueles que procuram empréstimos com menor custo em juros e encargos, mas é fundamental examinar as condições e possibilidades antes de comprometer-se.

Prazo para pagamento - quanto tempo leva para pagar?

Na Konsi, você tem até 120 meses para pagar seu empréstimo consignado com as melhores taxas do mercado.

Como a taxa básica de juros influencia o crédito consignado?

O crédito consignado tem juros baixos porque é descontado diretamente do salário ou benefício. Esses juros são influenciados por diversos fatores como nível de inadimplência e perdas dos bancos naquele convênio, custo de intermediação e concorrência de players naquele segmento.

A taxa Selic, que é a taxa básica de juros da economia, reflete o custo do dinheiro naquele momento. De forma simplificada, quando a taxa Selic sobe, o custo do dinheiro aumenta e tende a encarecer todo o mercado de crédito.

Nem sempre um aumento ou redução da Selic vai ocasionar de forma imediata em aumento ou redução da taxa de juros dos empréstimos, pois existem outros fatores. Uma redução da Selic contribui para que ocorra a queda na taxa de juros dos empréstimos. 

Qual o prazo de aprovação e liberação do empréstimo?

Geralmente, o pagamento é feito em até 24 horas.

Qual a melhor forma para contratar um empréstimo consignado?

A maneira mais eficaz de fazer isso é utilizando um aplicativo que apresente as melhores opções disponíveis. Através dele, você poderá visualizar os principais bancos onde é possível solicitar o crédito consignado.

Além disso, terá acesso às taxas cobradas, valores aprovados, quantidade de parcelas e valores de cada uma. Com todas essas informações em mãos, você estará apto a fazer a escolha mais adequada às suas necessidades.

Como o Konsi App consegue as melhores condições de empréstimo consignado?

Utilizando uma varredura detalhada em mais de 15 bancos, realizamos um rastreamento completo para identificar as ofertas com as menores taxas. Essa análise não se limita apenas à taxa de juros, mas também considera outros elementos do contrato.

Dessa forma, somos capazes de proporcionar aos nossos clientes a oportunidade de adquirir o empréstimo consignado mais econômico disponível. 

Tudo isso é entregue de forma prática e rápida, sem burocracia. Além disso, a Konsi também disponibiliza serviços como a portabilidade com troco, redução de parcelas, cartão-benefício entre outros serviços de crédito que podem ser úteis para organizar suas finanças. Baixe o Konsi app agora e aproveite as melhores condições!

Tópicos Relacionados