Empréstimo Caixa Tem: Conheça as Condições e Como Fazer

Conheça as condições e termos que a Caixa Econômica Federal determinou para os empréstimos no Caixa Tem

14/09/2023 às 19:58 | Atualizado 04/12/2023 às 15:33 | Tempo de leitura: 6 minutos

Empréstimo Caixa Tem

Empréstimo Caixa Tem

O Caixa Tem revolucionou o acesso a serviços bancários no Brasil, oferecendo uma variedade de recursos digitais para os cidadãos. Entre essas funcionalidades, está o empréstimo Caixa Tem, que possibilita a obtenção de crédito para aposentados e pensionistas do INSS, empreendedores e Microempreendedores Individuais (MEI).

Apesar do serviço estar temporariamente suspenso para novas contratações, a Caixa Econômica Federal afirma que as parcelas dos contratos anteriores continuam sendo debitadas automaticamente no dia do vencimento, na conta que recebeu o crédito.  

Neste artigo, vamos explorar os detalhes desse serviço, seus requisitos, passo a passo para solicitar o empréstimo consignado e dicas importantes sobre pagamentos e dívidas.

O que é o empréstimo Caixa Tem e como funciona?

O Caixa Tem é uma plataforma digital que simplifica o acesso a serviços bancários para os brasileiros. Além de permitir transações bancárias, como Pix, transferências, seguros e pagamentos de contas, também oferece a opção de empréstimo.

Quem pode obter o empréstimo Caixa Tem? 

O empréstimo Caixa Tem é disponível para aposentados e pensionistas do INSS, Empreendedores Pessoa Física (PF) e Microempreendedores Individuais (MEI). No entanto, existem requisitos específicos para cada grupo.

O crédito consignado da Caixa também pode ser disponibilizado para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), servidores públicos que tenham órgão empregador conveniado com a CEF e trabalhadores de empresas vinculadas ao banco.

Empréstimo para aposentados e pensionistas do INSS

O chamado “Consignado Auxílio”, que é feito através do app Caixa Tem, está temporariamente suspenso. No entanto, a Caixa Econômica Federal também oferece a opção do empréstimo Consignado diretamente nas agências da Caixa, através do Caixa Aqui, seu correspondente bancário. 

Vale lembrar que, no caso do “Consignado Auxílio”, mesmo com o serviço interrompido, as parcelas dos contratos realizados anteriormente são debitadas automaticamente do benefício, antes do benefício ser depositado na conta do beneficiário.

Veja como contratar o empréstimo pela Caixa Econômica Federal

Para confirmar se seu empregador tem convênio com a CAIXA, siga estas etapas:

1. Consulte o departamento de Recursos Humanos (RH) da sua empresa ou órgão para verificar a existência do convênio com a CAIXA.

2. Se preferir, pode ligar gratuitamente para a central de atendimento da CAIXA pelo número 0800 726 8068.

Lembrando que se você for beneficiário do INSS ou servidor público federal, deve escolher diretamente um dos nossos canais de atendimento para a contratação do consignado. Escolha o canal que for mais conveniente para você:

  • Internet Banking: Acesse o Internet Banking da CAIXA, o aplicativo CAIXA ou qualquer terminal de autoatendimento, se você for cliente CAIXA com conta válida ou contrato em andamento para renovação.
  • Correspondente CAIXA AQUI Negocial: Clique aqui para encontrar um correspondente próximo a você.
  • Agência CAIXA e canais de autoatendimento: Clique aqui para localizar uma agência próxima a você.

Após escolher o canal adequado, preencha e assine os formulários de contratação e apresente a documentação necessária, caso seja solicitado. Se o seu empregador exigir o direcionamento de margem para a CAIXA, lembre-se de fazer isso antes de iniciar o processo de contratação para garantir a conclusão do processo.

Uma vez que o crédito for liberado, você poderá usá-lo conforme desejar. As prestações do consignado são mensais e fixas, descontadas diretamente em sua folha de pagamento durante o prazo contratado. Em caso de carência pactuada, o débito das prestações começará após o período de carência acordado. Se perder seu vínculo empregatício ou não houver desconto em seu contracheque, comunique-se com sua agência. 

Empréstimo para empreendedores Pessoa Física (PF)

  • Ter menos de R$ 3.000 (três mil reais) em dívidas bancárias, excluindo financiamentos habitacionais e limites não utilizados.
  • Cadastro atualizado no Caixa Tem.
  • Ter ou abrir uma Poupança Caixa Tem.
  • Ser aprovado na análise de crédito prévia.

Detalhes do Empréstimo:

  • Valor: até R$ 1.000,00
  • Prazo: de 18 até 24 meses para pagar
  • Taxa de Juros: até 3,99% ao mês

Empréstimo para Microempreendedor Individual (MEI)

Veja os principais requisitos, lembrando que o Microempreendedor Individual deverá solicitar esse empréstimo em uma agência física mais próxima :

  • Ter menos de R$ 3.000 em dívidas bancárias, excluindo financiamentos habitacionais e limites não utilizados.
  • Ter 12 meses (ou mais) de atividade como MEI.
  • Contar com faturamento anual menor que R$ 81 mil.
  • Ter ou abrir uma conta pessoa jurídica (PJ) da Caixa.
  • Ser aprovado na análise de crédito prévia.

Detalhes do Empréstimo:

  • Valor: entre R$ 1.500,00 e R$ 3.000,00
  • Prazo: de 18 até 24 meses para pagar
  • Taxa de Juros: até 3,60% ao mês

Como solicitar o empréstimo no Caixa Tem?

Seja para quem já tem uma conta, seja para quem ainda precisa abrir uma, o processo é muito simples e intuitivo.

Para quem já tem conta no Caixa Tem:

  1. Atualize o aplicativo, disponível na sua loja de aplicativos.
  2. Informe seus dados pessoais.
  3. Envie uma foto do documento de identidade e uma selfie.
  4. Após a atualização, sua Poupança Social Digital será convertida em Poupança Caixa Tem.
  5. Aguarde a análise de crédito (até 10 dias).

Para quem ainda não tem conta no Caixa Tem:

  1. Baixe o aplicativo Caixa Tem nas lojas de aplicativos (Play Store ou App Store).
  2. Abra gratuitamente sua Poupança Caixa Tem no aplicativo.
  3. Aguarde a análise de crédito (até 10 dias).

Observação Importante: Atualmente, o serviço está temporariamente suspenso para novas contratações, mas os contratos vigentes continuam sendo mantidos.

O que acontece se eu não pagar as parcelas do empréstimo em andamento?

Na página de Educação Financeira da CAIXA e no aplicativo "CAIXA Tem", você encontrará valiosas dicas para organizar suas finanças de forma eficiente.

Se você não realizar o pagamento até a data de vencimento, a dívida aumentará progressivamente devido aos juros e multas por atraso. Portanto, é aconselhável regularizar a dívida o mais rápido possível para evitar acúmulos de encargos.

Além disso, é importante destacar que dívidas em atraso podem criar obstáculos para a obtenção de novos empréstimos, tanto na CAIXA quanto em outras instituições financeiras.

Lembre-se de que, ao contratar um empréstimo com o banco, você está construindo um relacionamento com a instituição. Quando você mantém suas contas em dia, sua pontuação de crédito, conhecida como "score", aumenta, o que pode resultar em acesso a empréstimos de maior valor no futuro.

Não se preocupe se acontecer algum atraso nas parcelas; você pode efetuar o pagamento com o valor atualizado diretamente no aplicativo "CAIXA Tem" ou entrar em contato com a CAIXA por telefone, nos números 4004 0104 (para Capitais e Regiões Metropolitanas) ou 0800 104 0104 (para as demais regiões).

Como efetuar o pagamento de parcelas em atraso ou adiantar prestações:

 Para efetuar o pagamento das parcelas do empréstimo em atraso é muito simples:  

Para Empreendedores Pessoa Física:

  1. Acesse a opção "Empréstimo – Crédito CAIXA Tem" no aplicativo CAIXA Tem.
  2. Clique em "Ver meus contratos".
  3. Selecione o contrato desejado e clique na opção "Pagar parcela".

Você tem duas opções de pagamento:

  • Débito em Conta: Certifique-se de ter o valor total da prestação disponível em sua conta antes de escolher essa opção. Será solicitada sua senha, e o pagamento será debitado automaticamente em sua conta.
  • Boleto Bancário: Copie o código de barras ou compartilhe o boleto por e-mail ou WhatsApp. Você pode quitar o boleto em qualquer banco ou lotérica.

Para Microempreendedor Individual - MEI:

O empréstimo Caixa Tem oferece uma opção conveniente para empreendedores e MEIs obterem crédito. No entanto, é importante estar ciente dos requisitos, passos para solicitação e manter as parcelas em dia.

O pagamento pode ser solicitado de duas formas:

  • Central de Atendimento CAIXA: Entre em contato pelos telefones 4004 0104 (para capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (para demais regiões).
  • Agência da CAIXA: Dirija-se diretamente a uma agência bancária da CAIXA para efetuar o pagamento.

Quem fez o empréstimo Caixa Tem pode fazer o consignado?

Na prática, quem fez o empréstimo pelo Caixa Tem pode fazer um empréstimo consignado em outro banco, mas atenção ao pagamento das parcelas em dia para não haver indisponibilidades no sistema.

Vale lembrar que a modalidade está temporariamente suspensa para novos contratos, entretanto é de grande importância que você fique atento às mudanças na forma de contratação bem como na manutenção dos contratos vigentes.

O que fazer para obter um empréstimo consignado?

Com a supensão do empréstimo Caixa tem, a Konsi se destaca como uma ferramenta essencial para encontrar as melhores ofertas de empréstimo consignado entre os bancos, facilitando ainda mais o processo de obtenção de crédito de forma inteligente e vantajosa.

Ou seja, uem tem um empréstimo consignado em dia pode solicitar a portabilidade, que é a transferência do empréstimo para outro banco, pagando taxas de juros menores.

Mantenha-se informado sobre as atualizações e novidades relacionadas ao empréstimo Caixa Tem, garantindo que suas finanças estejam sempre sob controle.

Konsi: sua solução para empréstimo consignado

Encontrar as melhores condições para empréstimo consignado entre bancos pode ser desafiador. É aí que a Konsi entra em cena. Ao baixar o aplicativo Konsi, você pode comparar facilmente as ofertas de diferentes bancos, garantindo que você obtenha as taxas mais vantajosas e as melhores condições para o seu empréstimo consignado, além de outras possibilidades de crédito como a portabilidade com troco, refinanciamento e redução de parcelas.

Tópicos Relacionados