Servidores públicos têm direito a bolsas exclusivas em universidade internacional; descubra como funciona

Descubra detalhes das oportunidades de bolsa de estudos e como se inscrever para concorrer à oferta

10/04/2024 às 22:03 | Atualizado 10/04/2024 às 22:03 | Tempo de leitura: 1 minuto

Servidores públicos têm direito a bolsas exclusivas em universidade internacional; descubra como funciona

Servidores públicos têm direito a bolsas exclusivas em universidade internacional; descubra como funciona

Servidores públicos brasileiros têm agora a oportunidade única de obter uma bolsa de estudo para mestrado na prestigiada universidade Hertie School, localizada em Berlim, Alemanha.

A oferta é especialmente voltada para aqueles que desempenham funções públicas há pelo menos cinco anos, com foco em áreas como recursos humanos e gestão de equipes.

Fundada em 2003, a Hertie School é reconhecida mundialmente como uma referência em políticas públicas e administração. Neste artigo, vamos explicar como se inscrever e concorrer as bolsas de estudo. Continue lendo!

Servidores públicos têm direito a bolsa em Universidade; confira cursos

Os programas de mestrado contemplados incluem Políticas Públicas, Ciência de Dados para Políticas Públicas e Administração Pública Executiva. Além disso, todos os selecionados serão beneficiados com, no mínimo, 50% de desconto nas taxas de matrícula, com o apoio da República.org.

Além das bolsas de estudo para mestrado, a universidade também oferece um curso online de Gestão Estratégica de Recursos Humanos no Setor Público. Destinado a gestores da área, este programa visa capacitar os participantes para liderar a transformação organizacional.

Como se inscrever?

As inscrições para o mestrado estão abertas até 1º de maio e podem ser realizadas diretamente no site da universidade. Além disso, a universidade oferece inscrições para o curso de RH estratégico, que estão abertas de 1º de abril a 26 de maio.

Os custos de matrícula são integralmente cobertos pelo programa, que oferece certificado ao término das aulas. Para se candidatar, é necessário ser cidadão brasileiro, possuir diploma de bacharel e ter entre cinco e 10 anos de experiência no setor público.

Além disso, os candidatos devem enviar um currículo e uma carta de motivação. Na carta, o candidato deve destacar a sua trajetória profissional e o impacto esperado do curso em seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Tópicos Relacionados