Entendendo a Margem Consignável no Empréstimo Consignado

Quando se trata de empréstimo com desconto em folha de pagamento, um termo que sempre surge é a "margem consignável". Este artigo serve como um guia para entender melhor o que isso significa e como afeta o empréstimo consignado.

12/12/2023 às 14:30 | Atualizado 24/05/2024 às 20:41 | Tempo de leitura: 3 minutos

Margem Consignável no Empréstimo Consignado

Margem Consignável no Empréstimo Consignado

Quando recorremos ao empréstimo consignado, um conceito que frequentemente aparece e desperta curiosidade é a "margem consignável". Este termo pode parecer complexo à primeira vista, mas é fundamental para quem está considerando essa modalidade de crédito. Compreender a margem consignável é importante para tomar decisões financeiras informadas e evitar surpresas indesejadas no orçamento.

A margem consignável não é apenas um número aleatório, mas um reflexo direto de sua saúde financeira e um limite de segurança para evitar endividamentos excessivos. Ela é especialmente relevante no contexto brasileiro, onde os empréstimos consignados têm se tornado uma opção cada vez mais popular entre aposentados, servidores públicos e trabalhadores de empresas privadas.

Com esse artigo vamos mostrar o que é a margem consignável e qual o seu papel nos empréstimos consignados, mostrando como ele se aplica na prática e como influencia diretamente na quantia que você pode pegar emprestada, bem como na gestão de suas finanças pessoais.

O que significa Margem Consignável?

A margem consignável é fundamental no universo do empréstimo consignado. Simplificadamente, ela representa uma porção da renda mensal líquida que pode ser alocada para o pagamento das parcelas do empréstimo consignado. Essa "fatia" da renda é essencial para garantir que os pagamentos não comprometam a saúde financeira do indivíduo, funcionando como um mecanismo de segurança.

Como funciona a Margem Consignável?

A margem consignável é um percentual calculado sobre a renda mensal líquida de uma pessoa - o valor que resta após todos os descontos habituais, como impostos e contribuições. Esse percentual varia de acordo com a renda do indivíduo, aumentando conforme os ganhos aumentam. Entretanto, à medida que novos empréstimos consignados são contratados, o percentual disponível para novos empréstimos diminui.

Conheça os limites da Margem Consignável

Os limites da margem consignável variam entre 35% e 45%, dependendo do grupo ao qual o indivíduo pertence. Estes grupos incluem:

  1. Aposentados, pensionistas e beneficiários do BPC do INSS.
  2. Servidores públicos (estaduais, federais e municipais) e militares das Forças Armadas.
  3. Trabalhadores sob o regime CLT em empresas com convênios específicos.

Para cada um desses grupos, as normas que definem a margem consignável podem variar.

Entenda como é feito o cálculo da Margem Consignável

Para calcular a margem consignável, multiplica-se o percentual da margem pelo salário líquido. Por exemplo, se um indivíduo tem uma renda líquida de R$ 2.000, e a margem consignável é de 45%, a margem seria R$ 900. Dentro desse valor, diferentes porcentagens podem ser destinadas a diferentes tipos de empréstimos e cartões consignados.

Utilização da Margem Consignável na Contratação de Empréstimos

Na hora de contratar um novo empréstimo consignado, o comprovante de renda é essencial. Ele não só indica a elegibilidade do indivíduo para o empréstimo, mas também mostra a margem consignável disponível. Essa margem é a garantia de que o indivíduo poderá pagar as prestações do empréstimo, influenciando diretamente no valor máximo que pode ser emprestado.

Compreender a margem consignável é essencial para quem está considerando um empréstimo consignado. É um fator que assegura a capacidade de pagamento e ajuda a manter a saúde financeira, evitando endividamento excessivo. Aconselha-se sempre consultar a margem disponível antes de contratar novos empréstimos, para garantir uma tomada de decisão financeira segura.

A Konsi oferece soluções financeiras para servidores públicos como o empréstimo consignado, a redução de parcelas e a portabilidade com troco.

Essa é uma excelente alternativa para quem busca reduzir as parcelas do empréstimo consignado e melhorar sua organização financeira. Com a Konsi também é possível contratar o serviço de saque cartão-benefício e se beneficiar de juros mais baixos através do Konsi App, o aplicativo comparador de empréstimos consignados.

Baixe o aplicativo da Konsi e veja como você pode ter melhor controle de suas finanças.

Tópicos Relacionados