Cerca de 20% dos contratos de consignado possuem juros acima do teto; saiba como evitar

Entenda as possíveis causas da cobrança abusiva de juros e saiba como diminuir a sua taxa em empréstimos consignados

12/03/2024 às 22:39 | Atualizado 13/03/2024 às 12:38 | Tempo de leitura: 2 minutos

Imagem de capa do post

Imagem de capa do post

Um recente Relatório da CGU (Controladoria-Geral da União) revelou que cerca de 20,1% dos contratos de crédito consignado do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) firmados entre o final de 2022 e o início de 2023 apresentava juros acima do limite estabelecido pelo CNPS (Conselho Nacional de Previdência Social).

Assim, a constatação levanta preocupações quanto ao controle interno do INSS e à qualidade dos serviços prestados. Isso porque o consignado, modalidade de crédito com desconto direto no benefício de aposentados e pensionistas, é regulamentado pelo CNPS, que estabelece um limite máximo para as taxas de juros.

Relatório alega falha no controle interno do INSS

O relatório também apontou falhas nos controles internos do INSS, destacando algumas causas relacionadas. São elas: a falta de acompanhamento da qualidade do serviço prestado, inexistência de divulgação de informações mínimas e ausência de regras para medir os custos operacionais.

Como diminuir a taxa de juros de empréstimo consignado?

Se você é um dos beneficiários do INSS e contratou empréstimos com taxa de juros acima do teto, há algumas medidas que podem ser adotadas para reduzir a taxa de juros e aliviar sua situação financeira.

Guia de Controle Financeiro Pessoal Konsi

Renegociação do empréstimo consignado

Uma opção é renegociar o seu empréstimo consignado, buscando condições mais favoráveis e prazos de pagamento que se adequem melhor à sua realidade financeira.

A renegociação pode ser realizada de forma prática e rápida, sem burocracia, permitindo ajustar as parcelas de acordo com sua capacidade de pagamento.

Portabilidade do empréstimo consignado

Outra alternativa é a portabilidade de crédito, que consiste em transferir sua dívida de um banco para outro, buscando melhores condições de financiamento.

Antes de concluir a portabilidade, é importante comparar as condições financeiras oferecidas pelo novo agente financeiro e analisar o Custo Efetivo Total da nova operação.

Trata-se de uma medida que corresponde a todos os encargos e despesas incidentes nas operações de crédito e de arrendamento mercantil financeiro, contratadas ou ofertadas a pessoas físicas, microempresas ou empresas de pequeno porte.

Na Konsi, oferecemos a modalidade de Portabilidade com Troco, que permite transferir sua dívida de um banco para outro, mantendo a mesma parcela mensal e liberando um novo valor. Baixe o app e confira as melhores oportunidades de consignado para o seu perfil.

Tópicos Relacionados

    Banner promocional do Konsi Blog
    Banner promocional do Konsi Blog
    Ícone Konsi no fundo escuro

    Baixe o aplicativo

    Pague menos pelo seu empréstimo

    Disponível no Google PlayDisponível na App Store