Queda de taxas do consignado: Descubra qual o novo teto de juros

Descubra quais as novas taxas de juros para empréstimo consignado e cartão consignado

29/02/2024 às 14:43 | Atualizado 01/03/2024 às 17:50 | Tempo de leitura: 2 minutos

Imagem de capa do post

Imagem de capa do post

Boa notícia para os beneficiários do INSS e aqueles que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) se reuniu nesta quarta-feira (28) para deliberar sobre a redução dos juros do empréstimo consignado.

Assim, a medida pode impactar diretamente milhões de brasileiros. Neste artigo, você vai descobrir quais as novas taxas de juros para empréstimo consignado e cartão de crédito consignado. Continue lendo!

Governo decide sobre queda de taxas do consignado: Revelamos o que muda

O Governo aprovou uma nova queda nos juros do empréstimo consignado. O ministro da Previdência, Carlos Lupi, propôs uma redução de 1,76% para 1,72% ao mês, uma medida que visa aliviar o peso financeiro dos beneficiários do INSS e grupos de baixa renda.

Além do empréstimo consignado, a expectativa é de que os juros nos cartões consignados também sofram uma redução proporcional. Atualmente em 2,61%, espera-se que essa taxa acompanhe a queda, trazendo alívio adicional para aqueles que utilizam essa modalidade de crédito.

e-Book gratuito: Entenda seu crédito consignado

Desde que o Copom iniciou o ciclo de redução da taxa Selic, o ministro Carlos Lupi tem enfrentado resistência por parte dos representantes dos bancos no CNPS.

Nesse sentido,  representantes dos bancos alegam que a taxa básica de juros não deveria ser a referência para os empréstimos, o que tem gerado um embate político nesse órgão.

Confira algumas opções para quem está acima do teto de juros

Para aqueles que contrataram empréstimos com taxas acima do novo possível teto, há alternativas disponíveis. Uma delas é a portabilidade de consignado, um processo pelo qual é possível transferir a dívida para outra instituição financeira, geralmente com condições mais favoráveis.

Nesse sentido, a Konsi oferece essa possibilidade, garantindo uma forma segura e eficiente de reduzir as taxas de juros. Para realizar a portabilidade de maneira segura, siga as dicas abaixo:

Leia também: Guia para evitar ou sair do endividamento usando o crédito consignado

Passo 1: Escolha a nova instituição financeira:

O primeiro passo para realizar a portabilidade de empréstimo consignado é escolher uma nova instituição financeira que ofereça condições mais vantajosas para o seu perfil.

No app da Konsi (Android e iOS), é possível pesquisar as taxas de juros, prazos e outras condições oferecidas por diferentes bancos e escolha aquele que melhor atenda às suas necessidades.

Passo 2: Feche o novo contrato:

Após escolher a instituição financeira, é necessário fechar um novo contrato de empréstimo consignado com ela. Aqui, certifique-se de ler atentamente todas as cláusulas do contrato e esclareça eventuais dúvidas antes de assinar o acordo.

Passo 3: Envie os documentos à nova instituição financeira:

Com os dados do empréstimo atual em mãos, envie-os para a nova instituição financeira com a qual você fechou o contrato de portabilidade. Isso porque essas informações são essenciais para que o novo banco possa realizar a quitação do valor devido à instituição financeira anterior e emitir um novo acordo de empréstimo.

Aqui na Konsi, solicitamos apenas alguns documentos essenciais:

  • Conta bancária;
  • Documento de identidade;
  • Holerite.

Para realizar a portabilidade do seu empréstimo consignado na Konsi, baixe o nosso app (Android e iOS)!

Tópicos Relacionados

    Banner promocional do Konsi Blog
    Banner promocional do Konsi Blog
    Ícone Konsi no fundo escuro

    Baixe o aplicativo

    Pague menos pelo seu empréstimo

    Disponível no Google PlayDisponível na App Store