É possível reduzir a parcela do empréstimo consignado?

A prática possibilita a redução da taxa de juros e melhores condições para pagamento. Entenda como funciona

05/09/2023 às 16:46 | Atualizado 04/12/2023 às 15:33 | Tempo de leitura: 6 minutos

É possível reduzir a parcela do empréstimo consignado

É possível reduzir a parcela do empréstimo consignado

A redução de parcela de empréstimo consignado tem como principal objetivo diminuir a parcela paga mensalmente através de uma menor taxa de juros. Ela pode ocorrer de duas formas: através do refinanciamento e da portabilidade do contrato.

A modalidade é uma excelente opção para quem sente que o valor da parcela do empréstimo está comprometendo sua renda mensal e, com isso,  trazendo impacto no orçamento. 

Ao reduzir as parcelas, além de traçar novos planos, você reorganiza sua vida financeira e pode destinar o recurso excedente para outros fins.

Neste artigo explicaremos em detalhe como funciona a modalidade de redução de parcela do empréstimo consignado e os principais aspectos a serem considerados antes de realizar a operação.

O que é o crédito consignado e quais as opções para reduzir as parcelas?

O empréstimo consignado é uma modalidade de empréstimo destinada exclusivamente para aposentados e pensionistas do INSS, militares das forças armadas, trabalhadores assalariados de empresas privadas e servidores públicos. 

Através dessa modalidade, as parcelas a serem pagas do empréstimo são descontadas diretamente do salário ou benefício do INSS do solicitante, e por isso, possui uma das menores taxas de juros do mercado por ser um modelo mais seguro para os bancos.

Mesmo sendo a modalidade mais atrativa para quem precisa de um empréstimo, é comum que as pessoas solicitem o crédito e não consigam arcar com o pagamento das parcelas. Isso começa a comprometer o orçamento mensal e o consumidor tem como opção diminuir o valor da parcela paga mensalmente através de dois tipos de transação:

  1. Refinanciamento: quando não há troca do banco original do empréstimo
  2. Portabilidade de contrato: quando outro banco oferece a melhor taxa e o consumidor pode mudar e conseguir a redução da parcela

Como reduzir as parcelas do empréstimo consignado através do refinanciamento?

Como mencionado, existem duas maneiras mais comuns de diminuir as parcelas pagas no empréstimo consignado, o refinanciamento e a portabilidade. Porém, também falaremos sobre uma modalidade extra muito interessante: a portabilidade de crédito consignado com troco.

Refinanciamento

O refinanciamento é realizado na própria instituição financeira original do empréstimo consignado contratado. Para tanto, o tomador deve ter quitado parcialmente as parcelas (aproximadamente 15% ou mais do total de parcelas) e terá um novo contrato renovado.

Desta forma pode-se “começar novamente” o empréstimo, obtendo, assim, crédito extra, com a liberação da margem, ou redução da prestação mensal. Essa escolha, claro, depende do objetivo do refinanciamento.

Se o intuito é amenizar o impacto das prestações no orçamento mensal, pode-se renovar o prazo inicial e refinanciar apenas o valor restante. Isso quer dizer que terá mais parcelas para diluir o valor que ainda não havia sido pago.

Outro detalhe a ser destacado é que o devedor pode fazer o refinanciamento mais de uma vez, em diferentes contratos de empréstimo.

Portabilidade de crédito

Outra opção para reduzir a parcela do consignado é a portabilidade de crédito, permitindo a transferência do empréstimo atual de um banco para outro, com condições mais favoráveis. Dessa forma, é possível diminuir a taxa de juros e, por conseguinte, reduzir o valor das parcelas mensais. 

Portabilidade com troco

Existe também a Com a portabilidade com troco, que é a possibilidade do consumidor manter o valor da parcela paga mensalmente, migrar para outro banco com taxa mais atrativa, e ainda receber um novo valor. Dessa forma, a redução da taxa de juros e a extensão do prazo, é possível liberar o troco (crédito).

Essa opção é indicada para quem já tem um empréstimo consignado e quer um valor a mais sem ter que mexer no valor da parcela.

Vantagens da redução de parcela do empréstimo consignado

A estratégia da redução de parcela pode ajudar na hora de organizar as finanças pessoais, já que o valor diminuído poderá ser utilizado em outra finalidade. Alguns dos benefícios e vantagens ao optar pela redução de parcela do consignado:

  • Alívio no orçamento mensal: quando as parcelas do empréstimo consignado são reduzidas, há mais dinheiro disponível para outras despesas, como alimentação, transporte, moradia e lazer.
  • Menos risco de cair em multas e juros excedentes: com parcelas menores, é mais fácil se manter no orçamento.
  • Economizar dinheiro no longo prazo: com parcelas menores o valor total pago pelo empréstimo será menor.
  • Melhorar a pontuação no score de crédito: quando um empréstimo é pago em dia, o score de crédito aumenta e isso facilita a obtenção de novos empréstimos e outras linhas de crédito e financiamento.
  • Proporcionar mais tranquilidade financeira: saber que as contas e as dívidas estão sendo pagas em dia proporciona mais tranquilidade financeira. Isso pode ajudar a reduzir o estresse e a ansiedade.

Como encontrar ofertas para reduzir a prestação mensal do consignado?

O grande segredo para conseguir a redução da prestação mensal do consignado é pesquisar. Atualmente, existe uma vasta quantidade de opções de instituições financeiras que oferecem essa modalidade. 

A Konsi simplificou esse processo e o consumidor pode comparar taxas de juros de várias instituições em um só lugar, inclusive tendo acesso a taxas mais atrativas que nas próprias instituições, por terem parcerias e métodos exclusivos de negociação com os bancos.

O que considerar antes de escolher a modalidade ideal para seu caso?

A renegociação de um contrato de empréstimo pode ser o melhor caminho para conseguir quitar a dívida do consignado, sem impactar o orçamento, já que é possível negociar condições mais viáveis, como a redução da taxa de juros, redução do valor das parcelas e prazos maiores de pagamento.

O caminho talvez mais óbvio é procurar canais oficiais do agente financeiro em que o crédito foi contratado e verificar as possibilidades. No entanto, existem formas melhores de pesquisar e obter vantagens que na maioria das vezes não são contempladas no banco adquirido previamente.

Em muitos casos, é possível fazer a solicitação de renegociação de forma totalmente online, além de realizar as simulações das novas condições de empréstimo.

A Konsi é sem dúvidas o melhor lugar para você comparar taxas dos bancos e ter acesso a valores exclusivos que nem mesmo nos bancos são encontrados.

Ao renegociar a dívida, tenha alguns pontos em mente:

Entenda sua situação e necessidades

Antes de tentar a renegociação, é necessário saber o tamanho da dívida e qual é o seu objetivo principal. Isso ajudará a optar pela melhor modalidade.

Não aceite qualquer proposta

A dica é pesquisar e não agir no impulso. Baixe o aplicativo da Konsi para ter as melhores ofertas de maneira simples e justa.

Transfira sua dívida para outro agente financeiro para reduzir os juros

Saiba que você tem a opção de transferir sua dívida do empréstimo consignado para  outro agente financeiro com condições melhores.

A portabilidade de crédito foi criada pelo Banco Central do Brasil em 2013, com o objetivo de gerar competitividade entre as instituições financeiras e melhorar as propostas para os consumidores. Assim, o consumidor poderia transitar entre os bancos que oferecessem vantagens maiores.

O que poucas pessoas sabem é que é possível solicitar a portabilidade a qualquer momento, mediante o cancelamento do contrato e quitação antecipada da dívida no banco original. O processo é totalmente gratuito e os direitos do consumidor são garantidos na operação.

No entanto, antes de realizar a operação é importante estar atento às condições oferecidas pelo agente financeiro que assumirá suas dívidas. Portanto, não faça esse procedimento por impulso. Sempre analise todas as instituições financeiras e suas taxas de juros antes de fechar o negócio.

Passo a passo simplificado para reduzir a parcela do seu consignado

Através do aplicativo e da equipe da Konsi você terá todo o suporte necessário para viabilizar a sua renegociação, seja no mesmo emissor do consignado ou através da portabilidade. 

  1. Baixe o app da Konsi  
  2. Acesse a aba de redução de parcela
  3. Complete todas as informações solicitadas pelo app
  4. A Konsi disponibilizará as melhores cotações
  5. Clique em “quero essa proposta” e anexe as documentações solicitadas
  6. Realize a contratação digital com o Banco Escolhido 
  7. Em torno de 5 dias úteis sua dívida será portada e sua parcela reduzida.

É importante lembrar que a redução da parcela do empréstimo consignado pode não ser possível em todos os casos.  A instituição financeira irá avaliar o seu pedido e decidir se é possível reduzir as parcelas de acordo com a sua situação financeira. Por isso é essencial que você esteja com score de crédito alto e não tenha problemas financeiros.

Lista de documentos para solicitar a redução de parcelas

Os principais documentos para solicitar a redução de parcela são: 

  • RG ou CNH
  • Holerite ou Extrato de Consignação do INSS atual;
  • Em alguns casos também pode ser solicitado o login e senha da plataforma de RH vinculada ao servidor

Konsi o melhor lugar para comparar e contratar crédito consignado!

A Konsi oferece uma ferramenta gratuita para você encontrar as melhores condições e taxas para o seu empréstimo consignado. Você pode comparar as taxas de juros de crédito consignado de diferentes instituições financeiras, solicitar a redução das parcelas do seu empréstimo e gerenciar seu empréstimo de forma conveniente.

Baixe o app da Konsi

Tópicos Relacionados

    Banner promocional do Konsi Blog
    Banner promocional do Konsi Blog
    Ícone Konsi no fundo escuro

    Baixe o aplicativo

    Pague menos pelo seu empréstimo

    Disponível no Google PlayDisponível na App Store