Compreendendo a taxa Selic e o impacto no crédito consignado

Como o servidor público pode se beneficiar do entendimento da taxa Selic.

02/08/2023 às 20:22 | Atualizado 12/09/2023 às 12:40 | Tempo de leitura: 2 minutos

Imagem de capa do post

Imagem de capa do post

O que falaremos nesse artigo:

  • O que é a taxa Selic?
  • Como a taxa Selic influencia o crédito consignado?
  • Impactos da taxa Selic na economia e nas finanças pessoais
  • A importância de acompanhar as variações da taxa Selic
  • Estratégias financeiras inteligentes em diferentes cenários da taxa Selic

Abrir um jornal ou assistir ao noticiário sobre economia, e provavelmente você encontrará uma referência à taxa Selic. Mas o que exatamente é essa taxa e como ela pode afetar suas finanças pessoais, especialmente se você é um servidor público buscando um crédito consignado? Continue lendo para descobrir!

O que é a taxa Selic?

A taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia) é a taxa básica de juros da economia brasileira, definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom). Ela serve como um parâmetro para outras taxas de juros, incluindo aquelas que os bancos cobram sobre empréstimos, como o crédito consignado.

Como a taxa Selic influencia o crédito consignado?

O crédito consignado é um tipo de empréstimo com taxas de juros mais baixas porque o pagamento é garantido diretamente do contracheque ou do benefício do solicitante, reduzindo o risco para o credor. No entanto, as taxas de juros do crédito consignado ainda são influenciadas pela taxa Selic.

Quando a taxa Selic aumenta, o crédito fica mais caro. Isso se deve ao fato de que os bancos cobram juros mais altos para compensar o aumento do custo do dinheiro. Quando a taxa Selic cai, os juros cobrados pelos bancos também costumam cair, tornando o crédito, incluindo o consignado, mais acessível.

Impactos da taxa Selic na economia e nas finanças pessoais

A taxa Selic afeta não apenas o custo do crédito, mas também a economia como um todo, incluindo o valor do dinheiro, a inflação e o crescimento econômico. A taxa Selic mais alta pode desestimular o investimento e o consumo, enquanto uma taxa mais baixa pode estimulá-los.

Para os servidores públicos e outros indivíduos, os efeitos da taxa Selic são sentidos mais diretamente por meio dos custos dos empréstimos e do retorno dos investimentos. Quando a Selic está alta, os empréstimos costumam ser mais caros, mas os investimentos em renda fixa rendem mais. Ao contrário, quando a Selic está baixa, os empréstimos são mais baratos, mas os retornos da renda fixa sofrem.

A importância de acompanhar as variações da taxa Selic

Acompanhar as variações da taxa Selic pode ajudá-lo a fazer escolhas financeiras mais inteligentes. Por exemplo, se a Selic está subindo, pode ser um bom momento para investir em renda fixa. Se a taxa Selic está caindo, pode ser um bom momento para considerar a tomada de um empréstimo, como o crédito consignado.

Estratégias financeiras inteligentes em diferentes cenários da Selic

Independentemente do atual nível da taxa Selic, sempre há estratégias financeiras inteligentes a serem adotadas:

Quando a Selic está alta: Você pode aproveitar os rendimentos elevados dos investimentos de renda fixa. Além disso, pode ser um bom momento para priorizar a quitação de dívidas, evitando os juros mais altos.

Quando a Selic está baixa: Pode ser um momento interessante para investir em ativos cujos rendimentos não estão diretamente atrelados à Selic, como ações e imóveis. Além disso, se você precisar pedir um empréstimo, como o crédito consignado, você provavelmente conseguirá taxas de juros mais atrativas.


Em todos os cenários, um bom entendimento da taxa Selic e sua influência sobre as suas finanças é fundamental. Mesmo que você não seja um especialista em economia, se esforçar para entender o básico pode levar a melhores decisões financeiras.

Para saber mais informações, ou simular seu crédito consignado, baixe o aplicativo do Konsi e faça a melhor escolha financeira para você.